13.12.11

Utopia

Lisboa
Fotografia de Gonçalo Franco


"A utopia com que sempre sonhei pode efectivamente concretizar-se."
José Afonso no espectáculo do Coliseu, antes de cantar "Utopia"
.
Cidade
Sem muros nem ameias
Gente igual por dentro
gente igual por fora
Onde a folha da palma
afaga a cantaria
Cidade do homem
Não do lobo mas irmão

Capital da alegria
Braço que dormes nos braços do rio
Toma o fruto da terra
É teu a ti o deves
lança o teu
desafio
Homem que olhas nos olhos
que não negas
o sorriso
a palavra forte e justa

Homem para quem o nada disto
custa

Será que existe
lá para os lados do oriente
Este rio
este rumo
esta gaivota

Que outro rumo deverei seguir
na minha rota?

José Afonso : "Como se fora seu filho", de 1983
"textos e canções", Assírio e Alvim, 1983

Sem comentários:

Enviar um comentário

Follow by email