24.6.14


Joan Miró, 1925

Sem comentários:

Enviar um comentário

Follow by email