21.12.12

il ritorno


Tilda Swinton, 1999
photo: Fabio Lovino

Regresso

ainda que o mundo acabe... ou que a pátria nos foda a todos

ainda que o mundo renacha... o verdadeiro animal de pêlo

recomecêmos, regresso

…bebo, fumo, falo…
como quem respira (dizem-me) e eu rio-me, caganda cena...
não tenho opiniões, nem nunca procurei formular juizos
e desde o inicio que procuro alguma coerência
a invisibilidade também se treina...
não gosto de herois
e a moralidade chateia-me, o senso comum e o catano….

Regresso
com o dia a dia
o que quer que seja,
com todas as afinidades (electivas) que me aparecem
ainda que às arrecuas...
...aqui estou ...vamos lá ver se consigo ser diario...

recomecemos, regresso, e agradeço a todos:
amigos, companheiros, palhaços... de vitórias, lutas e batalhas...
pelos amigáveis emails e pelos afectuosos comentários


que não nos falte nunca a poesia ou o poema


Abreijos
bjs e abçs e bem hajam
ou obrigados como hoje se diz


Sem comentários:

Enviar um comentário

Follow by email