27.6.10

Coisas da Idade...

Quando tinha 14 anos, esperava ter, algum dia, uma namorada.
Aos 16 tive uma, mas não havia paixão.
Então decidi que necessitava de uma mulher apaixonada, com vontade de viver.
Na Faculdade saí com uma mulher apaixonada, mas era demasiado emocional.
Era tudo urgente, era a rainha dos dramas, chorava todo o tempo e ameaçava suicidar-se.
Então decidi que necessitava de uma mulher estável.
Quando tinha 25 anos encontrei uma mulher muito estável, mas aborrecida.
Era totalmente previsível e nunca se excitava com nada. A vida tornou-se tão chata que decidi que necessitava de uma mulher mais emocionante.
Aos 28 encontrei uma mulher excitante, mas não conseguia acompanhar o seu ritmo.
Andava de um lado para o outro sem que nada a detivesse. Fazia coisas impetuosas e flirtava com qualquer um com que se cruzasse. Fez-me tão miserável como feliz.
De início foi divertido e enérgico, mas sem futuro. Então decidi procurar uma mulher com alguma ambição.
Quando cheguei aos 31, encontrei uma garota inteligente, ambiciosa e com os pés no chão.
Decidi também casar-me. Era tão ambiciosa que me pediu o divorcio e ficou-me com tudo o que tinha.
Agora com 44, prefiro as gajas com mamas grandes...

23.6.10

A Última Sopa

The Last Supper – History and Parody
da primeira à ultima ceia
The Last Supper was painted by Leonardo da Vinci in a rather short period of about three years; that was from 1495 to 1498 AD. A span of three years is considered to be short because the painting was a masterpiece from the point of view of human expression. It was considered to be a very short time even by da Vinci himself, because he had a habit of procrastinating his work. The painting today is preserved in the dining hall of the Santa Maria delle Grazie Convent in the city of Milan, Italy.

The reason that the painting is a masterpiece is that da Vinci took a snapshot of history itself. The imagination that has been deployed by him is also astounding. This famous painting depicts the scene of the Last Supper, where Jesus Christ announces his prediction, that one of his close followers (the twelve apostles), was going to betray him. The expressions of all the characters in the painting are captured by Leonardo da Vinci in just a fraction of a second after Jesus announces his prediction. The expressions and emotions that appear on the faces of the apostles in just a fraction of a second show surprise, outrage, shock and even fright.

Leonardo da Vinci - A Ultima Ceia - 1495-98

1480 last supper Domenico Ghirlandaio

1481-82 Rosselli, Cosimo


Jacopo Bassano 1542 Last Supper

frytopian last dinner

Luis Bunuel, Viridiana, 1961

Kurt Trampedach, Nadverbillede, 1969

Mary Beth Edelson, Some Living American Women Artists/Last Supper, 1971

Ultra Violet, The last Supper, 1972

Andy Warhol, The Last Supper, 1986

Raoef Mamedov, The Last Supper, 1997

Annie Leibowitz, The Sopranos, 1999

Devorah Sperber, After the Last Supper, 2005

Wang Nengtao, The last supper, 2007

Ben Willikens, Raum 608 (Last Supper), 2009

Robert Altman, Mash, 1970

Euro RSCG, Mortein. Kills all rats, 2007


Paddy Power, 2005

Marithé et François Girbaud, 2005

Bears Against AIDS, 2006


casaro invitation

Eric Deschamps, Star Wars Last Supper, 2005

Annie Leibowitz, The Sopranos, 1999

Battlestar Galactica, Last Supper, 2008

Lost Supper, 2010

Dr. House Last Supper, 2008

sesame street

in Simpsons (Thank god its doomsday), 2005

in South Park (Margaritaville), 2009

Rich Kyanka, The Last Supper, 2003

the last happy meal by fourpanelher



mickey's last supper

Stano Masár, After Leonardo, 2004


19.6.10

Leo Brouwer

Leo Brouwer - Brouwer Intérprete Vol II (2000)

01- siciliana
02- don eladio
03- estilo popular argentino
04- sonatina meridional- campo
05- sonatina meridional- copla
06- sonatina meridional- fiesta
07- pantomima del ballet ''el amor brujo''
08- farruca de ballet ''el sombrero de tres picos''
09- estudio no. 7
10- preludio
11- maxixa (choro)
12- preludio (dolor)
13- sarabanda de la suite no. 17 para laud
14- sonata para guitarra- preludio
15- sonata para guitarra- variaciones
16- sonata para guitarra- danza.


:: Brouwer Intérprete Vol II ::

16.6.10

Da primeira vez que me assassinaram

Da vez primeira em que me assassinaram
Perdi um jeito de sorrir que eu tinha...
Depois, de cada vez que me mataram
Foram levando qualquer coisa minha...
E hoje, dos meus cadáveres, eu sou
O mais desnudo, o que não tem mais nada...
Arde um toco de vela, amarelada...
Como o único bem que me ficou!
Vinde, corvos, chacais, ladrões da estrada!
Ah! Desta mão, avaramente adunca,
Ninguém há de arrancar-me a luz sagrada!
Aves da Noite! Asas do Horror! Voejai!
Que a luz, trêmula e triste como um ai,
A luz do morto não se apaga nunca!

Mario Quintana
poeta, tradutor e jornalista brasileiro.
Nasceu em Alegrete na noite de 30 de julho de 1906 e faleceu em Porto Alegre, em 5 de maio de 1994.
[Biografia]


"Todos estes que aí estão atravancando o meu caminho, eles passarão. Eu passarinho!"


Follow by email